Notícias


Assembleia Legislativa celebra 30 anos do CVV de Blumenau em sessão especial

Postado em: 30/09/2015


A Assembleia Legislativa de Santa Catarina promoveu quarta-feira (dia 30) Sessão Especial em homenagem aos 30 anos do Centro de Valorização da Vida (CVV) de ?Blumenau?, bem como os 30 anos de atividades do CVV no Estado de Santa Catarina.
A solenidade foi realizada no Plenário Osni Régis fechou o calendário de eventos relacionados ao Setembro Amarelo no Estado, alertando para a prevenção ao suicídio. A sessão foi proposta e presidida pelo deputado estadual Jean Kuhlmann.
As atividades do CVV de Blumenau foram iniciadas dia 7 de outubro de 1985, em uma pequena sala na Alameda Rio Branco, no Centro da cidade. Tornou-se o primeiro a funcionar em Santa Catarina. A iniciativa foi do médico legista Lorival Saade, que recebeu homenagem especial do Legislativo. Ainda foram homenageados pela Assembleia os demais oito em atividade hoje no Estado: Florianópolis, Criciúma, Itajaí, Itapema, Rio Negrinho, Jaraguá do Sul, Joinville e Balneário Camboriú.
Ao ocupar a tribuna, Saade lembrou o caminho que o levou a propor a criação de um posto do Centro de Valorização da Vida em Blumenau. "Como médico legista atendendo Blumenau e a região do Médio Vale do Itajaí, me impressionava a frequencia de suicídios. Em março de 1983, assisti a uma conferência do plantonista do CVV de Santo André (SP). Ao fim, convidei o palestrante a vir a Blumenau. Depois, com o senhor Lorival Blanco, presidente nacional do CVV, começamos os contatos para implantar o serviço na cidade", destacou.
Ao falar do trabalho do CVV blumenauense, o deputado Jean Kuhlmann enalteceu o trabalho dos voluntários, de muito diálogo, aconselhamento e compreensão. "Que o CVV de Blumenau e de Santa Catarina continue sendo a esperança daqueles que não tem esperança. Muita gente se pergunta: quantas vidas esse voluntários salvaram no país? Se foi uma, já valeu a pena. Uma vida não tem preço. E o trabalho de vocês não tem preço", disse o deputado.
"No dia 7 de outubro de 1985, vencendo grande dificuldade, Blumenau colocou no ar a Linha da Vida, dizendo pela primeira vez 'CVV, boa tarde!'. Temos recebido o reconhecimento da sociedade pelo amor incondicional à vida e o respeito ao ser humano. Nas palavras de uma de nossas fundadoras, fazer parte do CVV é uma dádiva muito grande e um aprendizado imensurável", disse Naura Schreiber, falando em nome dos voluntários blumenauenses.
Também participaram da solenidade o deputado estadual Ismael dos Santos, o coordenador regional do CVV, Paulo José Borges, e o delegado Juarez de Souza Medeiros.