Notícias


Parque do Morro do Baú será modelo nacional na preservação e pesquisa da natureza, destaca Jean Kuhlmann

Postado em: 05/11/2015

Foto: Yuri Santos / Agência AL


O deputado estadual Jean Kuhlmann ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa catarinense na manhã desta quinta-feira (dia 5) para destacar a criação do Parque Municipal do Morro do Baú, em Ilhota.

Depois de longa tramitação burocracia e dificuldades, o parque está saindo do papel. Jean destacou a união do município de Ilhota e dos órgãos estaduais e federais para concretizar a viabilizar a unidade de conservação.

Depois de ter sido criado por decreto municipal, em janeiro, pelo prefeito Daniel Bosi, o parque foi declarado de utilidade pública no último dia 15 de outubro, para fins de desapropriação.

O parque do Morro do Baú foi criado em 1961 pelo padre e botânico Raulino Reitz, e era mantido pelo Herbário Barbosa Rodrigues. Após a catástrofe de novembro de 2008, quando os deslizamentos destruíram boa parte do Complexo do Baú e vitimaram 32 pessoas, o herbário não teve mais condições de manter o espaço.

O deputado parabenizou Bosi e todos os que se envolveram na criação da unidade, lembrando ainda a simbologia que representa o renascimento do Parque do Baú. Cenário de um acontecimento triste, dará lugar à celebração da vida e ao respeito à natureza catarinense.

"O presidente da Fatma se envolveu diretamente nesta questão, garantindo os recursos da BMW, via compensação ambiental, para a compra da área. Serão investidos R$ 2,4 milhões para a aquisição de mais de 500 hectares de reserva. Ilhota criará um parque que será modelo nacional de preservação e para as pesquisas na área de fauna e flora", complementou.